sábado, 8 de agosto de 2009

Saudade.

Ahh a Saudade! Sensação que representa a falta que alguém ou alguma coisa querida faz em nossas vidas. Sentimento bonito não?
É aí que nós nos enganamos...
'Saudade' nada mais é do que puro egoísmo. 'Saudade' é querer que as pessoas ausentes, os tempos passados, os gostos antigos (e talvez até perdidos) voltem para nós como se nada e nem ninguém tivesse mudado. É difícil sentir saudades. É difícil conter todo egoísmo que temos dentro do peito.
Além de tudo, a 'Saudade' acaba sendo um sentimento ingrato. Na verdade, ela age como uma droga: Começa alimentando as mais doces lembranças de nosso ser e depois nos arranca de um sonho, lembrando-nos sempre de que nunca mais teremos as coisas do modo antigo.
É tudo egoísmo... Puro egoísmo.



Não sou e nunca serei perfeita. Assim me permito dizer que eu estou sentindo saudade.
Contraditório ou não, saudade da pessoa que inspirou meu texto. Egoísta? Com certeza... Mas estou disposta a correr os riscos.

4 comentários:

laah disse...

queria eu conseguir o manual de instruções para viver uma vida sem saudades, seria tão mais saudável.

Luisa disse...

Aaaaah Laah, se você achar em algum lugar do mndo esse manual, tira uma cópia pra mim ?

"só você que tem a cura do meu vício de insistir nessa sadade que eu sinto, de tudo que eu ainda não vi.."

índios - legião urbana

Beijos Daani, tá lindo.
Quase chorei, acho que sou a menina mais egoísta d mundo !

luly

Ju disse...

pura verdade. te amo1

Ramon disse...

Eu acredito que a saudade seja a pior forma de morte (do que passou e do que não é no momento). Principalmente, a saudade é uma ausência de desistência (o subconsciente não permite aquele apagamento). Saudade é a forma mais involuntária do Amor. E, com certeza, o Amor é o que há de mais egoísta.

Muito bom o seu blog. =)